Olimpíadas Portuguesas de Biologia

As Olimpíadas da Biologia

As Olimpíadas de Biologia são um concurso de ciência, na área da Biologia, destinada a jovens estudantes pré-universitários (cf. os Objectivos).

Embora em muitos países já existam Olimpíadas de Biologia há mais de três décadas, as Olimpíadas Internacionais de Biologia (IBO) foram criadas em 1989, sob a égide da UNESCO e são um concurso destinado a jovens talentosos do ensino secundário. Tendo a primeira edição ocorrido em 1990, em Olomouc, na então Checoslováquia, com apenas seis países, conta hoje, passadas 27 edições, com mais de 80 países participantes.

O impacto deste evento, onde os estudantes são chamados a testar as suas capacidades na abordagem e resolução de problemas biológicos, estimulou muitos países a criarem a sua própria Olimpíada Nacional de Biologia, condição indispensável para poder participar nas IBO.

Em 2006, Brasil, México, Espanha e Argentina, países já participantes nas IBO, decidiram criar também uma Olimpíada Ibero-americana de Biologia (OIAB) que existem desde 2007.

As Olimpíadas Portuguesas de Biologia nasceram exactamente de um convite enviado à Ordem dos Biólogos para participar nas OIAB de 2009, em Las Palmas, como país observador, tendo levado à Organização das primeiras Olimpíadas Portuguesas em 2010, ano da primeira participação portuguesa nas IV OIAB, em Lima, Peru.